10 Técnicas de policiais, espiões e psicólogos para detectar mentiras

 

Em negócios, política e relacionamentos, seria bom saber quando alguém está mentindo para nós.

Para nosso azar, nós, seres humanos não somos muito bons em detectar mentiras. Temos uma tendência natural em confiar nos outros. Preferimos economizar tempo e energia dizendo por aí: "Eu vi esse filme" ou "…Bonito seu cote de cabelo"
 

  • Este artigo foi útil para você?
  • Sim   Não


Comentários do Facebook

  • Onde estão as técnicas?

  • É preciso tomar cuidado com essas generalizações. Por exemplo a ausência de contato visual e as pausas não querem dizer absolutamente nada. Se um pessoa fala naturalmente devagar, pausadamente, e começar a falar rápido é uma pista importante.Pesquisas recentes mostram que policiais tem tido índices piores de acerto em teste de detecção de mentira do que pessoas sem nenhum treinamento pois confiam excessivamente em estereótipos. Isso leva aos chamados falsos positivos, por exemplo: uma pessoa mais tímida naturalmente terá dificuldade de manter contato visual. Nesse caso se você seguir as dicas acima, você poderá condenar uma pessoa inocente. O mais importante para se detectar mentiras é observar a mudança de comportamento. A dica 7 é excelente neste sentido. Se quiser saber mais, convido você a acessar meu blog sobre o assunto: http://ernopaulinyi.com/
    Um abraço,

    Erno

    • Anônimo

      rwER

    • realmente isso é verdade, pois cada pessoa é um ser diferente do outro, um exemplo vivo nem sempre quando a pessoa que responde com certa repulsa é culpado antes devemos saber realmente como esta pessoa reagiria em seu estado normal, fim de termos as conclusões.

    • estudar o homem bem como o seu comportamento é algo que vai mais do além, e para tal é necessário os conhecimentos científicos,

  • Anônimo

    drgertert

  • Anônimo

    As técnicas para detecção de mentiras são sempre aproveitáveis, em maior ou menor grau. Dentre as que me parecem melhores conto a intuição e a lógica. No primeiro caso, é bom levar em conta a motivação do declarante, isto é, quais as suas reais pretensões (ou o que ele faria se estivesse em situação de relaxamento). No segundo, o interrogador deverá ter sólido conhecimento do assunto do interrogatório. Nada escapa à lógica (inclusivamente os fatos aparentemente ilógicos). Certo indivíduo contou-me que estivera numa caverna escura onde os morcegos se chocavam-se com ele… Detalhe: morcegos, além de enxergarem bem, tem sonar e nunca se chocam com coisa alguma. Mentiu.

  • Anônimo

    consigo detectar mentirar , fazer o que , é um dom !! kkkkkk

  • Anônimo

    M.I.T ????????
    hahaha
    faça me rir

  • Interessante