A verdade sobre o inferno

 
Muitos dos autointitulados religiosos acreditam que o inferno existe em algum lugar fora de nós mesmos, como se existisse em um lugar geográfico. Eles dizem que na vida após a morte, os pecadores serão jogados no inferno para lá sofrer eternamente.
 
A verdade é que o inferno não existe fora de nós mesmos, (não existe uma coordenada geográfica) assim como não há céu fora de nós mesmos. Na realidade, o céu e o inferno são estados interno da nossa própria consciência, subprodutos de nossas mentes.

 

Eis aqui uma pequena história Sufi, que mostra a verdade sobre o céu e o inferno.

 
Não se assuste com os nomes árabes, essa é uma história Sufi.

 

Um dia Lal Shahbaz Qalandar estava vagando em um deserto com seu amigo Bahauddin Zakariya. Era inverno e já estava anoitecendo, quando eles resolveram fazer uma fogueira para se aquecer. Eles encontraram alguns galhos e perceberam que não havia fogo. Então Bahauddin sugeriu que Lal Shahbaz se transformasse em um falcão e fosse buscar fogo no inferno. Lá se foi, e uma hora depois voltou de mãos vazias relatando: "Não há fogo no inferno, todo aquele que vai até lá, traz seu próprio fogo e sua própria dor desse mundo."

 
O inferno só pode existir dentro de nós mesmos, e quando isso acontece, nós o carregamos o tempo todo, onde quer que formos. Nós causamos nosso próprio sofrimento, então está em nossas mãos acalmar o fogo do inferno e apagá-lo totalmente.
 
Esse artigo foi feito com base no livro "Nove Vidas" do William Dalrymple, leia um trecho em PDF.
Créditos da foto: Poeta da Vida


Comentários do Facebook

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Os campos obrigatórios estão assinalados por um asterisco. *